O homem propriamente dito deve tomar consciência de sua substância. Assim sendo, o novato passa de um grau para outro, da disciplina corporal para a disciplina emocional e daí para a intelectual. Os três grupos combinam-se para formar um desdobramento progressivo das suas capacidades e de sua compreensão. É importante notar que se trata de etapas e não terminais. A verdade aprendida é sempre proporcional ao nível de compreensão do indivíduo. - PB

Quietude

"Acalme sua mente, ou seja, não emita pensamentos inquietos apressadamente concebidos. Esses pensamentos poderiam ser injustos para com o ambiente, influenciando-o de modo adverso, o que seria outro estorvo para você em seu Caminho. — Mouni Sadhu


Se você dirigisse sua atenção simultaneamente à pergunta "Que é a individualidade a quem essas instabilidades ocorrem?" então, é mais provável que as agitações da mente vagueando de um lado para o outro cessassem...

A coisa é ter a capacidade de trazer à mente, fazer com que ela permaneça quieta, não lhe permitindo vadiar. Quando a mente estiver observada, os pensamentos cessarão automaticamente, isto é que é a mente-andarilha...

O controle da respiração aquieta a mente agitada. Então, fique observando o processo e pergunte: "Quem está cônscio da quietude?"

O controle da mente (pela respiração) importa para quem não consegue controlar seus pensamentos diretamente. Serve como um freio que é útil para frear um carro. Mas, a pessoa não deve parar nisso, deve prosseguir na concentração e contemplação...

A meditação pode ter lugar somente quando o ego estiver afastado. Ali há ego-sujeito e objeto sobre o qual você medita. Esse método é indireto. E, ao contrário, estando em busca da Fonte do ego, o ego desaparece. O que fica é o SER. Esse método é o método direto...

Para ajudar a controlar a mente, se houver alguma dificuldade, vá controlando através da respiração que vem somente pela prática...

Que é que vê a mente em branco? A consciência que contempla o vazio é o SER. O medo da morte vem somente depois de pensamentos surgirem. De que morte você tem medo? Ai está a identificação do SER com o corpo. Enquanto for isso, haverá medo.

O Coração espiritual não é o mesmo que o coração físico; as batidas dele é um fenômeno ligado exclusivamente a esse último. O primeiro é a sede da experiência...

As coisas são vistas somente através da luz. Consequentemente, como pode estar errado dizer que é através desta luz que se percebe o próprio SER? O conhecimento da realização do próprio SER é esta luz...

A concentração significa reduzir a mente e não pensar em mais que uma só coisa, afastando todos os pensamentos que obstruem a percepção de nossa verdadeira natureza. Agora parece difícil acabar com os pensamentos, ao passo que, no regenerado estado, serão mais dificilmente encontrados os pensamentos para evocá-los! Para que então pensar em coisas, quando ai haverá somente o SER? Os pensamentos funcionam somente quando houver objetos para neles pensar. Sem isso podem os pensamentos surgir de algum modo? Pensamentos fazem com que acreditemos que é difícil cessar de pensar. Se o erro for encontrado, ninguém será bastante tolo para esforçar-se inutilmente em pensar...

Uma deidade (do Latim "deus") pode ser útil à meditação sobre a imagem mental, até que aquele que medita submerja no SER. Então, a própria imagem vai se desfazer por si mesma e a deidade se esvanecer como parte do mundo ilusório. Só o SER Supremo permanecerá para ser objeto da meditação.

A meditação, verdade seja dita, permanece seriamente empenhada no SER. Mas basta os pensamentos cruzarem a mente e o esforço estar dirigido para eliminá-los, para que o esforço termine com a meditação. Fique como você é. Este é o objetivo. A meditação se torna negativa somente quando se procura afastar os pensamentos...

Paz é a nossa real Natureza. Ela não precisa ser conquistada. São os nossos pensamentos que devem ser eliminados. O Bhagavad Gita traz um método único, que você pode aplicar; quando sua mente estiver vagueando, procure trazê-la de volta à sua tendência de meditar...

Você quer que a mente procure matar-se a si mesma? Como pode um ladrão prender a si próprio? Isso não pode ser. Assim, o melhor meio é procurar conscientizar sua real Natureza e perguntar-se o que realmente você é. Quando nós conscientizarmos a nós mesmos, então, não haverá pensamentos para serem enxotados...

Todas as vezes que ela (mente) estiver vagueando, faça com que ela se volte para dentro dela, e se for preciso, repita isso vezes e mais vezes. A mente é fraca demais, assim, deve fortalecer-se a prática da meditação, até ficar reduzida a um só pensamento... A questão primordial é que a mente esteja introvertida e mantida ativa em sua própria perseguição...

A oscilação da mente vem por causa da fraqueza devido à dissipação de energia em forma de pensamentos. Quando a mente se render a um só pensamento, a energia é conservada e a mente se torna mais forte. Como o Bhagavad Gita aponta: ganha-se a mente forte pela prática. Nas etapas iniciais, a mente se absorve espaçadamente, há longos intervalos, no entanto, a prática contínua torna os intervalos mais curtos, até que, finalmente, para de vaguear. É ENTÃO QUE A SHAKTI¹ ADORMECIDA SE REVELA E A MENTE SE ABSORVE DENTRO DA CORRENTE-VIDA.

Será que a mente quer matar a si mesma? A mente não pode matar-se. Portanto, cabe a você descobrir a real Natureza da mente. Então, o que você encontra ai não é a mente. Basta procurar o SER para que a mente desapareça por si mesma, completamente.Permanecendo no SER, não será preciso preocupar-se com a mente...

Terá consciência da iluminação do lado direito do peito, no Coração, após ter tido a revelação do SER...

De quem é o pensamento? Todos os pensamentos brotam do irreal, isto é, do ego.Permaneça sem pensar. Enquanto tiver ali um pensamento, terá medo...

Deve-se meditar no Coração, porque você está buscando sua própria Consciência. Onde poderia encontrá-La? Poderia buscá-La fora? Você há de encontrá-La internamente. Por conseguinte, irá dirigir-se para dentro de si próprio. Repito: Somente o Coração é a sede da Consciência...

O Coração é a sede (se isso pode ser dito assim) do SER. Não é um coração físico.
 *
*  * 
Palavras de Ramana Maharshi dirigidas à Paul Brunton, extraídas do livro "IMORTALIDADE CONSCIENTE" - Paul Brunton - Editora EDC
___________________________
¹Shákti significa o poder, a energia de um deus, na religião e mitologia indianos.

Poderá gostar de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
O curandeiro não "faz" ou "dá" algo ao paciente, mas ajuda-o a voltar para o Todo, para o caminho da "Unidade" com o Universo; neste "encontro" o paciente se torna mais completo, e isto é cura. Nas palavras de Arthur Koestler: "Não há linha divisória nítida entre a auto-reparação e a auto-realização". - Lawrence LeShan

Observe, você não é aquilo que você pensa que é. Você não é somente aquilo que seu o seu meio ambiente lhe fez. Há mais realidade em si do que aquela que lhe é dada social e externamente. Você possui outra personalidade bastante diferente daquela que você mesmo tem certeza de que você é. — Gopi Krishna

A meditação em si, não é o Caminho. O Caminho é o CONTATO! A meditação apenas serve de meio para atingirmos o silêncio interior, onde o CONTATO é feito. — Joel S. Goldsmith

"Senhor, como uma ovelha perdida que anda de um lado para outro, procurando o caminho, também eu te procurava no exterior, quando Tu estavas em mim... Percorri ruas e praças da cidade deste mundo, buscando-Te sempre... e não Te encontrei porque em vão procurava fora o que estava dentro de mim." - Agostinho

"A paz que você procura está no silêncio que você não faz"

"Melhor seria viver apenas um único dia no aperfeiçoamento de uma boa vida em meditação do que viver cem anos de forma má e com uma mente indisciplinada.

Melhor seria viver apenas um único dia na busca do entendimento e da meditação do que viver cem anos na ignorância e na imoderação.

Melhor seria viver apenas um único dia no começo de um diligente esforço do que viver cem anos na indolência e inércia.

Melhor seria viver apenas um único dia pensando na origem e na cessação do que é composto do que viver cem anos sem pensar em tal origem e cessação.

Melhor seria viver apenas um único dia na percepção do estado Imortal do que viver cem anos sem tal percepção.

Melhor seria viver apenas um único dia conhecendo a Doutrina Excelsa do que viver cem anos sem conhecer a Doutrina Excelsa". — O Buda, dos DHARMMAPADA

Velai incessantemente para que não haja em vosso coração nenhum pensamento, nem insensato, nem sensato: não tardareis a reconhecer os estrangeiros, isto é, os primogênitos dos egípcios. — Hesíquio, o Sinaíta (Século VIII)